quarta-feira , 13 dezembro 2017
Home / Destaque / Jovem interrompe a maior onda de ciberataques da história

Jovem interrompe a maior onda de ciberataques da história

Embora ele tenha preferido não revelar o próprio nome, tabloides ingleses como o Daily Telegraph, The Sun e The Mirror logo acharam seu nome – Marcus Hutchins.

Hutchins é um especialista em segurança digital de 22 anos que, enquanto investigava sobre o ataque, registrou um domínio de internet. O domínio, no entanto, estava ligado ao WannaCry: ele funcionava como uma espécie de “botão desligar” do malware: quando o domínio entrava no ar, o malware podia parar de se reproduzir. Mais tarde, ele admitiria não saber que registrar o domínio teria esse efeito:

Depois de seu nome ter sido revelado pelos tabloides, o Guardian conseguiu realizar uma breve entrevista com o rapaz. Nela, ele diz que não se considera um herói: “Eu só estava meio que fazendo o meu trabalho, e eu não acho mesmo que seja um herói”, comentou.

Após o ocorrido, a vida de Hutchins ficou bem estranha. Segundo sua conta do Twitter, seu celular não para de apitar com notificações nem por um segundo, e, como Hutchins diz no vídeo, ele basicamente não dorme há três dias. O especialista também não ficou feliz com o fato de que, como ele não tem nenhuma foto de divulgação, os jornalistas pegaram fotos antigas suas nas quais ele não aparece de maneira muito elogiosa.

Mas essa exposição teve pelo menos um aspecto positivo. Um dos tabloides que falou sobre Hutchins dedicou um parágrafo inteiro ao fato de que ele gostava de pizza. O texto deixou o jovem perplexo, já que ele não entendeu de onde o tabloide tirou essa informação. De qualquer maneira, a rede britânica de fast food Just Eat UK deu um ano de pizza grátis ao especialista em segurança por sua contribuição à sociedade.

 

Fonte: Olhar Digital

Veja Também

Itapajé: Casal pratica dois assaltos no centro da cidade

Por volta das 20hs desta terça-feira, 08 de agosto, a Policia Militar de Itapajé tomou ...

Deixe uma resposta